domingo, 29 de setembro de 2013

Dicas para melhorar-mos a nossa saúde e bem estar

Oláaaa minha gente, desculpem a minha ausência mas ando sem tempo para nada, quero ir a todo o lado e fazer tudo ao mesmo tempo mas sou só uma, então acabo com um stress em cima que só me apetece ir de férias de novo.
Continuo com a minha dieta e continuo a perder peso graças aquele programa milagroso que vos disse, fat secret, tem sido o meu melhor amigo nesta fase, quem anda a utilizar essa aplicação?
Uma ou duas vezes por semana vou correr e faço abdominais e agachamentos em casa, mas estou a pensar ir para o ginásio, agora ando com a panca das danças, apesar de ser algo que adoro mas desde que vi o programa dança com as estrelas o bichinho começou a dar sinal, acho que a dança é algo completo, tanto mexe com a nossa alma como com o nosso corpo, e é ótimo para aliviar o stress porque esquecemo-nos de tudo.
Não sei se já vos tinha dito também que deixei de comer porco e vitela não só pela dieta mas porque desde que li uns livros sobre doenças e cancro que os retirei por completo do meu cardápio, e muito sinceramente sinto-me bem melhor, são um posso de toxinas e enganam muito quanto ás calorias apesar de grelhados, e retirei também o pão por causa do trigo (explicarei noutro post o problema do trigo).


*********************************************************************
Hoje deixo-vos umas dicas e benefícios de se ter uma alimentação saudável para a nossa saúde e anti-cancro, citado pelo médico cirurgião dr.Nuno Marcos.

  • Um prato bem colorido com alimentos saudáveis e não industrializados é a melhor solução para combater e prevenir as diversas formas de cancro numa época em que a alimentação é cada vez mais parca em legumes e vegetais frescos e fruta.


  • Deve dar-se preferência, sempre que possível, a vegetais biológicos (cultivados sem pesticidas nem sementes transgénicas). No caso do peixe, deve procurar-se o que é capturado em alto mar, fresco ou ultracongelado (mas sempre com o cuidado de retirar a pele dos peixes e as vísceras: é onde se acumulam a maior parte dos poluentes cancerígenos).


As plantas e vegetais estão sujeitos a contaminação química pela poluição e por métodos agrícolas inadequados, com excesso de compostos tóxicos e fertilizantes que são, para a maioria da população, a principal fonte de agentes cancerígenos alimentares, como os nitritos, nitratos, pesticidas e fungicidas. Além disso, é comum frutos de produção industrial como a maçã, a pera e a nectarina, serem revestidos por produtos químicos para parecerem mais brilhantes e apetitosos.


Estratégias para uma alimentação mais saudável:

- descascar as frutas;
- deitar fora as folhas exteriores de couves e alfaces;
- usar água com sabão neutro ou umas gotas de lixívia numa grande taça com água e escovar o exterior de alguns alimentos como os frutos.

Regras gerais para evitar alimentos cancerígenos:

1. Tudo o que é processado, transformado, refinado, conservado por muitos dias nas prateleiras do supermercado é geralmente mau.

2. Tudo o que é vegetais frescos e frutas é bom. Vegetais muito verdes ou frutos vermelhos é geralmente bom.

3. Tudo o que é queimado, frito a alta temperatura, muito tostado, é geralmente mau.

4. Tudo o que tem açúcar adicionado é mau.

  • A mudança mais importante que podemos fazer passa por diminuir a gordura que comemos e alterar o seu tipo, não esquecendo que ela é essencial para o fornecimento de vitaminas lipossolúveis (A,D, E e K) e para a génese de novas células e compostos hormonais. O truque é obtê-la da forma mais saudável.
  • Seguir uma dieta baixa em gorduras exige, desde o início uma mudança de atitude. A única forma de “comer” para a saúde é “gostarmos” daquilo que comemos. Transformar todos os conselhos em refeições agradáveis e saborosas e não num conjunto de conceitos estéreis e desagradáveis. Os alimentos podem e devem agradar à vista ou ao paladar, incluindo todos os que “curam” e “protegem”.


  • Um dos segredos é substituir a gordura por muito sabor. Se os legumes forem saborosos, não necessitam de nenhum molho denso ou de muita gordura.


  • Outro dos segredos também está em experimentar combinações incomuns (ex: pimentos assados com batatas cozidas, salsa e limão nos legumes cozidos...)


  • Comer de forma saudável significa encarar as compras e os alimentos de outro modo.


PRINCÍPIOS A RESPEITAR:
- Refeições regulares;
- Refeições equilibradas;

Atitude a ter no supermercado:

EVITAR:
Refeições pré-cozinhadas
Refeições pré-congeladas
Leite gordo (substituir por leite magro)
Iogurte (substituir por iogurte magro)
Manteiga (substituir por margarina de girassol)
Bolos e biscoitos
Maionese (substituir por chutney de manga ou salmoira de limão)
Ketchup (substituir por molho de tomate caseiro)
Pão com manteiga (substituir por pão com azeite)

A competição entre as empresas de indústria alimentar levou-as a baixar os custos de produção e distribuição para aumentar o lucro. Tentam manter o máximo tempo possível os produtos nas prateleiras dos supermercados. Cada vez mais refinados, processados, tratados e filtrados, estes produtos criaram duas dificuldades: um ambiente nutritivo deficiente para o corpo e um ambiente perigoso devido às substâncias adicionadas para conservar e melhorar o aspeto.

  • Congelar é uma ótima solução para rebentos de soja, favas, milho, frutos como framboesas e mirtilos.


CARNE:
- No porco, evitar a barriga, preferir o lombo;
- No cabrito, evitar as costeletas, preferir a perna;
- No frango, preferir o peito (é a parte mais magra).

  • Preferir grelhados, assados, cozidos ou estufados em relação aos fritos, o que até salienta mais os temperos. No caso de os fazer, utilize sempre com azeite ou o óleo de amendoim (pois estes suportam melhor as altas temperaturas enquanto os outros se degradam, originando substâncias cancerígenas). O ideal será consumir as gorduras a frio (ex: temperar saladas). Mas atenção que o azeite ou banha, quando expostos à luz, degradam-se facilmente, dando o característico sabor a ranço, sinal da formação de peróxidos lipídicos, uma das substâncias com maior potencial cancerígeno
  • Coma carne cozinhada no churrasco apenas de vez em quando e evite as partes mais queimadas: é aí que se acumulam hidrocarbonetos policíclicos altamente cancerígenos., favorecendo cancro de estômago e colorretal.
  • Também especial atenção aos alimentos curados ou fumados, pois contêm nitrosaminas, substâncias carcinogénicas.


PREFERIR COZINHA COM VAPOR
Vantagens:
- Não precisa de sal;
- Permite cozinhar vários alimentos ao mesmo tempo;
- Evita a perda de vitaminas e minerais na água de cozedura;
- Os legumes ficam mais apetitosos.

  • Fazer os guisados e estufados com antecedência: se os deixar no frigorífico, o sabor melhora e a gordura solidifica, podendo ser retirada.


  • A nível de utensílios será importante obter um “wok” com tampa e uma frigideira antiaderente (mas atenção à temperatura, se muito alta os alimentos queimam sem cozinhar e se muito baixa eles acabam por pegar).



*Informo-vos que segundo o dr. Barcellos á coisas que nesta dieta devem ser retiradas, como o porco, leite e derivados, batata, etc,como falei em cima, mas completarei este post numa próxima.


with love
Rekinh@




Sem comentários:

Enviar um comentário